loading...

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Carajurú



O Carajurú é utilizada para o tratamento de feridas, impigem, enfermidades da pele de diferentes origens, inflamações do útero e dos ovários, conjuntivite, cólicas intestinais, diarréias sangüíneas e entero-colites.

O Carajurú é adstringente, antidiarréica, antileucêmica, antianêmica, antiinflamatória, antidisentérica, emoliente, antidiabética, cicatrizante, desinfetante.

Fitoquímica do Carajurú:
Ácido anísico, carajurina, ferro assimilável e cianocobalamina, quinonas, pseudoindicanas, flavonóides, triterpenos, cumarinas, alcalóides, taninos, saponinas, carajurina, 3-deoxiantociianidina, bixina, genipina.

As folhas e flores são as partes utilizadas do Carajurú.







Nome Científico:
Arrabidea chica (H. e B.) Verlot.
Família Botânica:
Bignoniaceae.
Nomes Populares:
Cajuru, crajirú, carajirú, pariri., chica, china, cipó-cruz, cipó-pau, coá-piranga, guajuru, guajuru-piranga, guarajuru, oajuru, oajuru-piranga, pariri, piranga.


O Carajurú é uma espécie autóctone que cresce nas matas tropicais, sobretudo as secundárias. Cresce subespontaneamente em capoeiras, orla de matas e restingas.
Planta trepadeira perene, de arquitetura escandente, ramos cilíndricos e glabros enquanto jovens, depois tetrágonos, lenticelados-verrucosos e estriados. As folhas são pecioladas, compostas, trifolioladas, de folíolos oblongo-lanceolados, glabros nas duas faces, coriáceos, reticulado-venosos, discolores ou concolores. Flores campanuladas, róseo-lilacinas, dispostas em panículas terminais piramidais, frouxa, medindo cerca de 18 a 20 cm de comprimento. O fruto é uma cápsula linear, alongada, aguda em ambos os lados e com uma nervura  média saliente nas valvas, glabra e castanha-ferrugínea, contendo sementes ovóides.
É de clima tropical a subtropical. É heliófita e seletiva higrófita.

Cultivo e Plantio do Carajurú:
Espaçamento: 1,5 x 0,7m.
Propagação: sementes e estacas de ramos. As sementes são postas a germinar em bandejas de isopor contendo substrato organo-mineral. As estacas são enraizadas em areia mantida sempre úmida.
Plantio: outono (sementes) e primavera (estacas).
Tutoramento: é feito com fios de arame dispostos horizontal e paralelamente entre si, presos a moirões com até 1,8m de altura.
Colheita: inicia 7 a 8 meses após o plantio.

Outras Propriedades:
As folhas, depois de fermentadas, fornecem matéria corante vermelho-escura ou vermelho-tijolo.
Os bichos da seda que comem suas folhas, produzem seda vermelha.
A planta é melífera e ornamental.





Tags:

2 Responses to “Carajurú”

Postar um comentário

Assine Nosso Feed de Notícias

Assine nosso Feed de Notícias e fique sempre atualizado

© 2015 Remédios da Vovó.com.br. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks